Brasil desenvolve satélite para pesquisa de microgravidade

São Paulo, 17 de setembro de 2009 – Pesquisadores brasileiros estão desenvolvendo um satélite para realizar experiências de microgravidade, ou seja,  em ambiente de gravidade reduzida. O equipamento está previsto para ser lançado em 2010.

O projeto foi batizado de Sara, sigla para Satélite de Reentrada Atmosférica, em desenvolvimento pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), do Comando da Aeronáutica, em São José dos Campos (SP).

O Sara está sendo feito pela indústria nacional e com mão-de-obra própria, treinada e qualificada no Brasil. O projeto propõe o desenvolvimento de uma plataforma orbital para experimentos em ambiente de microgravidade, destinada a operar em órbita baixa, a 300 km de altitude, por um período máximo de dez dias.

Aplicações

No futuro, o equipamento poderá ser usado para realizar projetos de pesquisa e desenvolvimento nas mais diversas áreas e especialidades, tais como biologia, biotecnologia, medicina, materiais, combustão e fármacos, entre outros.

Outro objetivo do projeto Sara é o incremento de estruturas que possam suportar o severo ambiente de reentrada na atmosfera terrestre.

Para este fim, os quatro veículos que compõem o programa, dois suborbitais e dois orbitais, deverão alcançar gradativamente o conhecimento necessário. Continue lendo

Anúncios