Dell lança primeiros modelos usando Core i7 para notebooks

São Paulo, 23 de setembro de 2009 – A Dell anunciou no Intel Developer Forum sua nova linha de notebooks equipados com o processador Intel Core i7 mobile.

O Alienware M15x tem processador Core i7 920XM com placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 260M de 1 GB. A linha Alienware é voltada para jogos e tem notebooks de alto desempenho. Não há preço definido para esse modelo.

O Dell Studio 17 trará o Core i7 720QM de 1.6 GHz e placa de vídeo ATI Mobility Radeon HD 4650 de 1 GB e tela HD de 17,3 polegadas (1600 x 900), além de bateria de nove células. O preço inicial será de US$ 1.099.

O Studio 15 terá Core i7 720QM de 1.6 GHz, placa de vídeo ATI Mobility Radeon HD 4570 de 512 MB e 4 GB de RAM. O preço inicial será de US$ 999. Por fim, o Studio XPS 16 passará a ter a opção do processador Core i7, com preços iniciais de US$ 1.249.

Com codinome “Clarksfield”, o Core i7 é o primeiro processador da Intel que usa a arquitetura Nehalem. A versão para notebooks foi anunciada oficialmente na IDF, que acontece essa semana em San Francisco.

Desktops All-In-One com preços acessíveis vão invadir mercado brasileiro

Divulgação

Os desktops All-In-One vão invadir a realidade brasileira nos próximos meses. A categoria de PCs reúne tudo em apenas um monitor, com mouse e teclado wireless, som e microfone integrados e somente o cabo de força.

A Positivo Informática, líder em vendas de desktops no Brasil, introduziu no mercado nacional três modelos da nova linha “tudo em um”, a Union, com preços que vão de R$ 999 a R$ 3.799, e vai aproveitar o lançamento oficial do Windows 7 para começar as vendas dos produtos já com o sistema operacional instalado.

O modelo mais barato da Union é o 640, de 15,6´´, com processador Intel Atom de 1,6GHz, HD de 160GB e 2GB de memória. O desktop vem com o Windows 7 Starter, rede wireless, webcam de 1.3 MP e pesa 3,6Kg.

Já o modelo intermediário da linha é o Positivo Union 820, com sistema Linux, disco rígido de 320GB e tela LCD de 18,4´´. O produto sai por R$ 1.999.

O top de linha é o Positivo Union Touch 2200, com tela LCD Dual Touch de 21,5´´. O modelo vem com Windows 7 Premium, Full HD e disco de 1TB. O Union Touch custa R$ 3.799. Continue lendo

Cidades são construídas em 3D por meio de fotos postadas

Construir graficamente a cidade de Roma a partir das milhares imagens da internet parece uma árdua tarefa.

Mas cientistas da Universidade de Washington toparam o desafio e, com análises de fotografias e técnicas de modelagem, refizeram, em 3D, marcos da cidade italiana em menos de 24 horas a partir de 150.000 fotos postadas no Flickr.

A equipe usou um algoritmo para detectar e organizar as fotos para mostrar ângulos diferentes de cada ponto da cidade.

Mas não foi só Roma que teve sua versão 3D criada pelos programadores. Veneza, também na Itália, e Dubrovnik, na Croácia, foram reconstruídas com fotos do site de compartilhamento.

Segundo o site oficial, a iniciativa faz parte do projeto Coleções de Foto da Comunidade, do Laboratório GRAIL, da Universidade de Washington.

“A pesquisa nos oferece uma oportunidade sem precedentes para ricamente capturar, explorar e estudar a forma tridimensional da cidade”, afirmou a equipe de criação.

Confira o vídeo:

http://uoltecnologia.blog.uol.com.br/arch2009-09-20_2009-09-26.html#2009_09-21_12_04_48-100450639-26

 

Nova placa gráfica da AMD/ATI suporta até 6 monitores ao mesmo tempo

 Tecnologia Eyefinity ainda sem preço ou data para chegar ao mercado, tem potencial para multitarefas e aficionados por jogos

No futuro todo mundo poderá ter suas próprias paredes formadas por diversos monitores de vídeo. Ou pelo menos essa é a imagem de futuro na visão da AMD. A empresa anunciou uma nova tecnologia chamada Eyefinity, que permite que até seis monitores possam ser conduzidos por uma única placa gráfica.

A tecnologia virá com as novas placas gráficas ATI Radeon, baseadas no DirectX 11. Com a Eyefinity, você poderá conectar até seis monitores por placa e em qualquer configuração, usando tanto o modo retrato quanto o paisagem.

Para mostrar a capacidade da nova placa, em um evento a AMD conectou 24 monitores em um mesmo PC, que estava utilizando quatro placas gráficas baseadas na nova tecnologia. As quatro GPUs – cada uma ligada a seis monitores LCD de 24 polegadas da Dell – rodaram um simulador de voo 3D distribuído entre as 24 telas.

adm_grafics_01[1] 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Demonstração: 24 monitores LCD, apenas um PC e quatro placas gráficas

Futuro?
Como a estrutura dos monitores pode ser bem fina, a Samsung trabalha em conjunto com a AMD na produção de monitores ultrafinos, já pensando no uso do Eyefinity. A tecnologia usará conexão via DisplayPort, em parte devido ao tamanho compacto do conector, mas a empresa diz que também irão disponibilizar placas com conexão HDMI e DVI.

Além disso, o Eyefinity suporta resolução teórica máxima de 268 megapixels (MP). Para efeito de comparação, um monitor LCD de 19 polegadas comum tem a resolução de 1MP. A AMD ainda não tem preço para as placas, mas afirmou que componentes baseados no Eyefinity estarão presentes em desktops e notebooks em breve e a “preços acessíveis”.

O uso dessa placa para jogos é evidente, devido a sua enorme potência. Mas a AMD diz que o Eyefinity também é útil para uso comum, permitindo alto desempenho para funções multitarefas. Mas atualmente uma grande quantidade de telas não parece ser prática, pois ter até seis monitores com diversas janelas abertas ao mesmo tempo pode ser muito confuso e cansativo. 

 

adm_grafics_02[1]

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saída DisplayPort para até seis monitores

Além disso, elementos dentro da tela podem parecer bem pequenos, visto que dependem muito da resolução e não permitem serem dimensionados em qualquer tamanho. Quando esses percalços tiverem sido superados, aí sim este universo repleto de telas fará mais sentido.

 

Eyefinity
Fabricante: AMD/ATI Radeon
Para que serve: Placa gráfica de alto desempenho
Pontos fortes: Suporta até seis monitores
Pontos fracos: Tecnologia ainda depende de ajustes na resolução dos monitores
Nick Mediati, PC World / EUA
18-09-2009

Samsung também anuncia smartphone com Android no Brasil

Lançado mundialmente em junho, Galaxy chegará às lojas brasileiras nesta semana, promete fabricante. Aparelho tem preço sugerido de R$ 1.799.

Algumas horas depois de a HTC anunciar nesta quinta-feira (17/9) a chegada ao Brasil de seu HTC Magic, um de seus celulares com Android, a Samsung fez o lançamento nacional do Galaxy, o smartphone da companhia que também roda o sistema operacional móvel do Google.

Também conhecido com o i7500, o Galaxy tem tela com tecnologia AMOLED (Active-Matrix Organic Light-Emitting Diode, um avanço na tecnologia OLED que consome menos energia). Além disso, o equipamento possui GPS e câmera de 5 megapixels capaz de gravar vídeo.

Oferece suporte a redes Wi-Fi, tem conexão 3G e velocidade de até 7,2 Mbps em redes HSPA (High-Speed Packet Access). O Galaxy chega às lojas ainda nesta semana e custará 1.799 reais, afirmou a Samsung.

A operadora Tim já anunciou que venderá o aparelho. A disponibilidade para as demais operadoras ainda não é confirmada pela empresa.

 

Redação do IDG Now!
18-09-2009

Brasil desenvolve satélite para pesquisa de microgravidade

São Paulo, 17 de setembro de 2009 – Pesquisadores brasileiros estão desenvolvendo um satélite para realizar experiências de microgravidade, ou seja,  em ambiente de gravidade reduzida. O equipamento está previsto para ser lançado em 2010.

O projeto foi batizado de Sara, sigla para Satélite de Reentrada Atmosférica, em desenvolvimento pelo Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), um dos centros de pesquisa do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), do Comando da Aeronáutica, em São José dos Campos (SP).

O Sara está sendo feito pela indústria nacional e com mão-de-obra própria, treinada e qualificada no Brasil. O projeto propõe o desenvolvimento de uma plataforma orbital para experimentos em ambiente de microgravidade, destinada a operar em órbita baixa, a 300 km de altitude, por um período máximo de dez dias.

Aplicações

No futuro, o equipamento poderá ser usado para realizar projetos de pesquisa e desenvolvimento nas mais diversas áreas e especialidades, tais como biologia, biotecnologia, medicina, materiais, combustão e fármacos, entre outros.

Outro objetivo do projeto Sara é o incremento de estruturas que possam suportar o severo ambiente de reentrada na atmosfera terrestre.

Para este fim, os quatro veículos que compõem o programa, dois suborbitais e dois orbitais, deverão alcançar gradativamente o conhecimento necessário. Continue lendo

Navteq, Nokia e Magneti Marelli se unem para integrar smartphone ao carro

Navteq em parceria com a Nokia e a Magneti Marelli, divulgaram uma tecnologia capaz de integrar smartphones com o sistema de informação e entretenimento dos veículo, para facilitar o trafego de informações.

Com a conexão do smartphone com o veículo é possível obter informações de telemetria , como por exemplo, dados do motor e nível de combustível. A combinação dessas informações com o GPS integrado ao veículo e ao smartphone, podem obter serviços baseados em localização como o posto de gasolina mais próximo quando o nível do combustível estiver baixo.

As três companhias afirmaram que com a integração também será possível oferecer funções de segurança baseados em Sistemas Avançados de Assistência ao Condutor ( ADAS, sigla em inglês) , como advertir os condutores para diminuir a velocidade quando se aproximar de uma curva perigosa

A conexão entre o dispositivo móvel e o sistema de informação e entretenimento será feito via Bluetooth ou mediante cabo USB, dependendo da duração da viagem.

O projeto está sendo desenvolvido em colaboração com a Nokia Research Center em Palo Alto, Califórnia, e está sendo apresentado em Frankfurt, Alemanha