Fornecedora assume culpa por pane em serviço da Telefônica

Responsável por equipamentos da rede de voz da operadora, Trópico afirma que problemas em seus equipamentos causaram interrupção do sinal.

A Trópico Sistemas, fornecedora da Telefônica, assumiu que falhas em  três de seus aparelhos de sinalização prejudicaram o sistema de telefonia em São Paulo na terça-feira (8/9), uma pane que afetou usuários da capital e da região metropolitana.

A empresa afirma que, “devido à tempestade atípica, com excessivas descargas elétricas ocorrida na manhã do dia 8 de setembro, três equipamentos de sinalização Trópico – instalados na rede de telefonia da Telefônica – tiveram seu funcionamento seriamente afetado”. O comunicado emitido pela fornecedora informa também que as “ocorrências causaram perturbações na prestação dos serviços de telefonia da Telefônica”, dificultando a realização de chamadas.

Segundo a empresa, as ações tomadas para resolver o problema “asseguram a estabilidade da rede de voz e a continuidade da prestação do serviço de telefonia fixa da Telefônica.”

Procurada pela reportagem para comentar o fato de Trópico ter assumido a responsabilidade pelo ocorrido, a Telefônica preferiu não se manifestar.

Consequências

A pane no serviço de telefonia obrigará a Telefônica a abater um dia no valor da assinatura ou da mensalidade dos usuários de seus serviços de telefonia fixa. Os consumidores não precisarão procurar a empresa para solicitar o reembolso.  O ressarcimento será automático na fatura do cliente e será concedido a todos os usuários da área com código de chamada 11, de São Paulo, conforme a Telefônica.

O desconto no pagamento do serviço é determinado pelo artigo nº 32 da resolução nº 426 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).

A Telefônica também poderá enfrentar problemas com a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). O órgão investigará as causas da interrupção da telefonia fixa  de São Paulo e Minas Gerais ocorrida na terça-feira (8/9) – neste Estado, o problema se deu com a operação da Oi. A agência quer apurar a confiabilidade das redes de telecomunicações, principalmente para que não haja nova  interrupção dos serviços em situações críticas

Por Clayton Melo, do IDG Now!

Publicada em 09 de setembro de 2009 às 21h10Atualizada em 09 de setembro de 2009 às 21h52

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: